PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

 

Sotaque carioca

 

 
Joia br - 28 de junho de 2012
 

Designers de joias do Rio de Janeiro participam da Eclat de Mode, na capital francesa.

Da redação - Seis empresas cariocas irão participar da Eclat de Mode, salão de tendências e negócios de joalheria e bijuteria, que acontece de 30 de junho a 3 de julho, em Paris. Reunidas pela Associação dos Joalheiros e Relojoeiros do Estado do Rio de Janeiro (Ajorio), Guida Taubman Pels para Tustare, Eneida França, Olendzki, Hefestos Design, Emilia Rondinini e MBex vão expor suas criações no pavilhão brasileiro. A expectativa de faturamento do grupo é de 60 mil euros.


Mais de 500 marcas participam do salão, sendo que 50% delas são estrangeiras,
vindas de 40 diferentes países.

Com exceção de Eneida França e de Guida Pels/Tustare, que já participaram de outras edições da Eclat de Mode, é a primeira vez que as empresas cariocas fazem parte do salão parisiense. “Para expor em uma feira fora do Brasil, é necessário conhecer detalhadamente os procedimentos de exportação e importação. Por isso, as empresas passaram por uma capacitação, que incluiu consultoria sobre precificação internacional, impostos, documentação e esclarecimentos a respeito do Programa Brasileiro de Exportação”, diz Angela Andrade, diretora-executiva da Ajorio.

As cariocas marcam presença em uma edição outono/inverno diferenciada. Com o ajuste no calendário de feiras de Paris, essa edição foi antecipada para julho, favorecendo os expositores brasileiros. “Nas antigas edições de setembro, as empresas que tinham muito sucesso de vendas acabavam tendo dificuldade para produzir, entregar e se preparar novamente para a edição de janeiro. Desta forma, a produção ficará mais equilibrada”, explica Andrea Kramer, consultora do IBGM.

 

© Copyright Joia br = É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, sem prévia autorização

 

 

voltar ao index de notícias