PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

 

Celebração

 

 
Joia br - 25 de janeiro de 2016
 


A Montblanc apresentou no SIHH uma nova Coleção 4810, inspirada na Era de Ouro das viagens transatlânticas. Nesta coleção, há uma série especial de modelos em edição limitada, homenageando os 110 anos de fundação da maison que serão celebrados ao longo de 2016.

Da redação - A Coleção 4810, linha best-seller que foi lançada durante o centenário da Montblanc, ganhou novos modelos exclusivos para celebrar o 110º aniversário da maison.  As novidades foram apresentadas durante o Salão Internacional de Alta Reloaria (Salon International de la Haute Horlogerie – SIHH 2016), realizado em Genebra, na Suíça, entre os dias 18 e 22 de janeiro.

Uma das novas linhas, a ExoTourbillon Slim Montblanc 4810 110 Years, destaca o tema das viagens transatlânticas* em três edições com tiragem limitada:  Edição Europa (36 peças), Edição América do Norte (36 peças) e Edição Ásia  (38 peças – uma referência ao 8, número da sorte na cultura asiática).  Verdadeiras obras de arte, os relógios trazem no mostrador uma pintura em miniatura de um mapa de cada continente. As 110 peças totais desta coleção são totalmente originais, visto que nenhum mapa pintado à mão fica exatamente igual a outro.


Caixa de ouro branco, mostrador pintado à mão e pulseira de couro de crocodilo preta

Um olhar mais atento sobre o ExoTourbillon Slim Limited Edition revela a caixa em ouro branco de 42 milímetros com uma sutil série de detalhes, incluindo um bezel fino com acabamento acetinado e alças que, embora retas na parte de cima, são ligeiramente curvadas na parte de baixo para o máximo conforto no ajuste do pulso. Esta edição limitada apresenta o Calibre MB 29,24, alimentado por um micro-rotor decorado com um padrão de Côtes de Genève en Eventail que revela uma visão em repouso deste movimento de manufatura patenteado sob um grande cristal de safira na parte de trás do relógio. A Montblanc optou por não incluir a coroa com configuração de parada rápida de segundo neste modelo para não encobrir o mostrador pintado à mão.

* As viagens transatlânticas

O início do século XX marcou uma partida para novos horizontes, especialmente com o transporte transatlântico, impulsionando o comércio internacional e as relações culturais. Graças às novas invenções, o surgimento do navio a vapor e o avanço dos métodos de navegação, as viagens marítimas experimentaram um salto quântico. Navios de passageiros competiam entre si pelo Blue Riband (Flâmula Azul), um prestigioso prêmio outorgado ao navio que fizesse a travessia transatlântica mais rápida. Este cobiçado prêmio atraiu passageiros e empresas que procuravam os navios mais velozes e poderosos para realizar seus fretes. A Flâmula Azul tornou-se um verdadeiro símbolo de distinção e realização e seu espírito é parte da nova coleção Montblanc 4810, expressando o máximo desempenho e excelência relojoeira.

Naquela época, as cidades com os maiores portos experimentaram o crescimento e desenvolvimento mais vigoroso, tornando-se centros para o comércio, intercâmbio cultural e inovação. O porto de Hamburgo, o maior da Alemanha, estava entre eles e ajudou a cidade a prosperar com o comércio internacional e com a fabricação de navios de cruzeiro próprios para viagens oceânicas. As raízes da Montblanc foram estabelecidas em Hamburgo nestes tempos dinâmicos e são celebradas na nova coleção Montblanc 4810 tanto do ponto tecnológico como estético.

Matéria relacionada: >>> Novidades do SIHH 2016


 

© Copyright Joia br = É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, sem prévia autorização

 

 

voltar ao index de notícias