PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

 

Hollywoodianas

 

 
Joia br - 18 de fevereiro de 2012
 

Por ocasião da 84ª edição da cerimônia do Oscar, a joalheria Tiffany arma vitrines temáticas em suas principais lojas. A criação é assinada por Rachel Zoe.

Da redação - Em homenagem ao Oscar - Academy Awards 2012, a Tiffany & Co. retrata em suas vitrines o glamour de Hollywood dos anos 30 até os anos 70. A cenografia ficou a cargo de Rachel Zoe - stylist, designer e ícone fashion, que tem entre suas clientes atrizes famosas como Anne Hathaway, Kate Hudson, Cameron Diaz, Eva Mendes e Jennifer Garner. Rachel criou uma vitrine para cada década, com joias que brilhantemente capturam o espírito do tempo.


Rachel Zoe com Richard Moore, vice-presidente de visual merchandising da Tiffany & Co,
na inauguração da vitrine da loja da Fifth Ave, em Nova York (16/02/2012)

"Rachel Zoe imprimiu um novo nível de moda e estilo ao tapete vermelho, e trouxe o seu olhar criativo para a nossa parceria", disse Richard Moore, vice-presidente de visual merchandising da Tiffany em comunicado à imprensa. "Ela se junta a um grupo seleto de designers e artistas, como Andy Warhol, que criaram displays para as vitrines da Tiffany".

A década de 1930 estabeleceu o padrão para a elegância clássica, simbolizada por estrelas de cinema em elegantes vestidos de cetim e boás de plumas. Na vitrine com fundo que lembra uma renda, Zoe colocou uma pena de pavão, símbolo da opulência desta era, em meio a contas de vidro preto e joias de platina e diamantes inspiradas no período Art Déco.

Na década de 1940, os designers se expressavam através de tecidos de luxo e silhuetas dramáticas. O cenário da vitrine é um boudoir, que sugere o início de uma noite romântica com joias de pérolas e diamantes.

A década de 1950 inaugurou a era do red carpet e dos paparazzi em busca de imagens dos ricos e famosos. Os intrépidos fotógrafos são representados por câmeras vintage suspensas sobre o tapete vermelho e focadas em joias deslumbrantes.

A vitrine dos anos 60 traz um escadaria branca que simboliza uma entrada triunfal. Nada melhor, então, do que exibir uma joia magnífica: o broche "Fleur de Mer", criado por Jean Schlumberger para a Tiffany - pela primeira vez mostrado ao público desde que a peça foi adquirida do espólio da atriz Elizabeth Taylor. O broche, em diamantes e safiras, foi um presente de Richard Burton para Liz Taylor em 1965.

Por fim, a década de 1970 explora highlights da época, como o brilho, o grafismo e o flower power. A vitrine traz um mix de orquídeas, bambus, padrões gráficos em preto e dourado, além de joias em ouro, diamantes e pedras preciosas.

As vitrines criadas por Rachel Zoe poderão ser vistas nas flagship stores de Nova York, Beverly Hills, Hong Kong, Tóquio, Singapura e Londres.

 

fotos: divulgação

© Copyright Joia br = É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, sem prévia autorização

 

 

voltar ao index de notícias