PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

 

Recorde

 

 
Joia br - 14 de novembro de 2012
 

Diamante lendário é vendido por 21,47 milhões de dólares em leilão na Suíça

Da redação - Um leilão de joias realizado nesta terça-feira, 13 de novembro, pela Christie's de Genebra, teve como destaque o diamante "Archduke Joseph". A gema, de cor "D" e 76.02 quilates, foi vendida por US$21,47 milhões - estabelecendo um recorde mundial para diamantes incolores (US$282.545,00 por quilate).

O tamanho impressionante, a excelente qualidade, a origem (a gema foi extraída na região de Golconda, na Índia) e a procedência nobre tornaram o Archduke Joseph um dos diamantes mais famosos e desejados do mundo já colocados à venda em leilão. A gema ganhou o nome de seu primeiro proprietário registrado, o arquiduque José Augusto da Áustria, príncipe da linhagem dos Habsburgos.

O arquiduque nasceu na Hungria, em 1872. Ele era bisneto do imperador Leopoldo II, por parte de pai, e bisneto do rei Luís Filipe da França, pelo lado materno.

Não se sabe exatamente quando o diamante entrou para a Casa dos Habsburgos, e acredita-se que o arquiduque passou o diamante para seu filho, Francisco José (1895-1957), como mostram os registros de depósito em um banco, em 1933. O diamante foi vendido três anos depois a um comprador anônimo que, para escapar da ambição dos nazistas, o deixou em um cofre durante a Segunda Guerra Mundial.  Após décadas de mistério, o diamante reapareceu em junho de 1961 durante um leilão em Londres, e foi finalmente recolocado à venda em novembro de 1993, em Genebra, pela Christie's, alcançando o valor de US$6,5 milhões na época.

 

Fotos: divulgação

© Copyright Joia br = É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, sem prévia autorização

 

 

voltar ao index de notícias