PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

 

Leasing de joias

 

 
Joia br - 10 de março de 2015
 

Designers goianas lançam nova modalidade de negócio para a joalheria.

Da redação - Em tempos de escassez de bens fundamentais, como se mostra o caso da água, todo desperdício é condenável. Pioneira ao adotar o conceito de reutilização de metais nobres e reaproveitamento de materiais, desde o surgimento de sua marca de joias, há 30 anos, a designer goiana Adeguimar Arantes sempre se destacou pelo fazer artesanal associado aos cuidados com o planeta e à valorização das belezas do Cerrado.

Agora, em parceria com a filha Ioná, Adeguimar mais uma vez se coloca na vanguarda ao lançar um novo modo de negócio para o mercado de joalheria. Para que suas peças de edição limitada se tornem mais acessíveis e possam ser usadas por um maior número de clientes (www.iona.adeguimararantes.com), as artistas acabam de criar o leasing de joias.

Aluguel com opção de compra

O projeto irá envolver 100 mulheres, selecionadas entre as clientes fiéis à marca que, através de contrato, pagarão em média 5% do valor da joia que habitualmente comprariam. A ideia é que o valor não ultrapasse R$90. O leasing terá validade de um ano.

Terminado esse período, se a cliente quiser ficar com a peça, pagará mais cinco parcelas iguais às anteriores. Caso decida pela devolução, as joias em ótimo estado de conservação serão comercializadas no espaço exclusivo das designers Ioná e Adeguimar no Angelina Brechó, na capital paulista. (www.angelinabrecho.com.br)

Reaproveitamento

As peças que não estiverem em condição de uso terão o metal fundido novamente e, caso necessário, purificado para servir de matéria-prima a novas coleções, que no futuro também entrarão no esquema de leasing. “Assim se mantém um círculo virtuoso de reuso”, diz Adeguimar.

Já as  gemas que não se adequarem mais à confecção de joias serão reutilizadas em peças de decoração, vendidas com exclusividade no Espaço Casa do Angelina Brechó. Uma solução inteligente, onde todos saem ganhando e o planeta agradece.


>>> Clique aqui e confira outras matérias.

fotos: Pedro Wilson Moura


 


© Copyright Joia br = É proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, sem prévia autorização

 

 

voltar ao index de notícias