PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

ENTREVISTA

André Luis Nunes Silva


fevereiro / 2012

A cotação do ouro em euros subiu cerca de 15% por ano entre 2005 e 2011 e isso ajuda a explicar porque o metal precioso tem sido o refúgio preferido de quem investe em tempos de crise.

A alta dos preços tem reflexos diretos na produção de joias, um dos principais destinos do ouro. Para entender o comportamento do mercado, conversamos com André Luiz Nunes Silva, diretor da Reserva Metais, joint-venture dos grupos Marsam e FITTA, e líder no mercado formal de ouro e metais preciosos. Entre os assuntos abordados estão os fatores que influenciam a valorização do metal, os percentuais do ouro destinados à indústria e a ativos financeiros, como investir em ouro e as projeções de preços.

A entrevista foi concedida ao Portal Joia br em 06/02/2012, durante a 54ª Feninjer - Feira Nacional da Indústria de Joias, Relógios e Afins, realizada em São Paulo.

 

Matérias relacionadas:
>>> Como investir em ouro?
>>> Investimento que vale ouro

 


<< Voltar para o índice de entrevistas