PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

PIONEIRA

Ulla Johnsen

“Combativa, irrequieta, suas obras dançam no ar como se fossem abelhas à procura das flores”
(livro Jóia Contemporânea Brasileira)

Filha de diplomatas, Ulla Johnsen nasceu em 1925 em Berlim e naturalizou-se brasileira.
Na Suíça, em 1943, ingressou na Academia de Arte Aplicada e, em 1945, na Escola de Arte de Basiléia, com o célebre joalheiro Piewrre Steinwachs.

Jóias-objeto, esculturas, móbiles, formas geométricas, abstratas, surrealistas... Não se prendem à realidade... São revolucionárias, até mesmo incômodas...

Aos vinte anos de idade, Ulla veio para o Brasil e começou a trabalhar em uma oficina que atendia a H.Stern, no Rio de Janeiro, ensinando a fazer pulseiras de elos torcidos. Em 1949, casada e com uma filha, fazia pratos, máscaras e folhagens, principalmente em latão e cobre. Todo o trabalho era feito em sua própria casa.

Em 1960, já separada, iniciou uma fase de produção enlouquecida. Ulla participou de muitas exposições, nas galerias Selearte e Documenta, no Museu da Imagem e do Som de São Paulo e em Genebra, na Suíça. Na Expo 70 - Feira Internacional no Japão, representou a joalheria contemporânea brasileira. Também esteve presente na Interdesign, em Munique, onde lançou a coleção "Jóia-objeto".


“...não sou fábrica, sou artista.”
“... sou persistente e gosto de ser livre, recuso a massificação"
(Ulla)

Ulla fez parte do grupo formado na década de 70 por Nelson Alvin, Bobby Stepanenko, Caio Mourão, Kjeld Boesen e Reny Golcman, entre outros, incentivando pesquisas com o uso de diferentes materiais e formas para a expressão pessoal da jóia-arte.

Em 1973, conquistou a Medalha de Ouro na XII Bienal Internacional de São Paulo. No ano seguinte, recebeu o título de melhor joalheiro do ano, outorgado pela Associação Paulista de Críticos de Arte.

Ulla Johnsen mora atualmente em Florianópolis, onde produz suas jóias - inspiradas na natureza e nos sentimentos. Em abril deste ano, participou da exposição "Os Nossos Pioneiros", durante a feira Tecnogold, quando foi homenageada por sua colaboração à arte da joalheria no Brasil.



"Jóia é uma atividade de meditação, perfeição, pensamento e intuição máxima. Jóia é para dizer algo de bonito, criticar ou brincar também. Às vezes fica bem dito, às vezes não, ou nem tanto...""
(
Ulla Johnsen)

Fotos: Arianne Thrall



Voltar ao index