PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

 

Poesia

Salvador Francisco Neto


Joalheiro de profissão, poeta de alma, Salvador Francisco Neto trabalha com jóias desde 1956 e aprendeu o ofício com seu pai. Ainda garotinho, de calças curtas, trocou a pedra de um anel por um grão de feijão.

Desde lá a natureza tem sido sua companheira de criação. Combinando materiais inusitados, Salvador sempre cria peças surpreendentes e cheias de encantamento.

“Todos nascemos equipados para a busca do belo, do perfeito".

Reconhecido e chamado de Mestre por todos seus alunos, Salvador ensina atualmente na Escola Arte Metal, na Vila Madalena. Foi professor da primeira escola de joalheria de São Paulo - a “Escola Nova”, fundada em 1982 e, desde então, vem formando novos talentos, transmitindo conceitos de arte e design e diferentes técnicas na elaboração de jóias.

"Ser joalheiro é um estado de espírito, uma possibilidade deste encontro. Numa fração de segundo a idéia e o equipamento se fundem, casam metal e diamante, perpetuando na jóia o vislumbre da perfeição".

Salvador participou de inúmeras exposições individuais e coletivas em todos os museus de São Paulo, com destaque para "Jóia Contemporânea Brasileira" (Museu da Casa Brasileira - 1980), "45 Salão Paulista de Belas Artes" (Museu da Imagem e do Som - 1982), "1 Mostra dos Artistas Plásticos Joalheiros Paulistas" (Pinacoteca do Estado – SP, 1982) e MUBE - Museu Brasileiro da Escultura, em 2004.

Destaque no recém-lançado livro Krystallos, editado na Áustria e premiadas no Concurso Pérolas do Tahiti – 2003/2004, as peças de Salvador Francisco Neto são exemplos da sua maestria e modernidade em dar forma à criatividade, no mais antigo dos ofícios.


"Sou joalheiro da lima pesada, da ganância maciça,  que, a cada nova criação, não se importa de trair a mulher, pois o desafio e a meta na bancada é sempre superar o brilho da idéia anterior.”.
(Salvador Francisco)
contato@escolaartemetal.com.br



Voltar ao index