PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

 

Alma de artista

Maria Lúcia Barbosa


Maria Lúcia Barbosa é natural de Campos dos Goytacazes (RJ), mas tem alma mineira. De sua vivência de alguns anos em Minas, traz a sensibilidade e o amor às riquezas da natureza, sua grande fonte de inspiração. Tece fios de metal e adorna as preciosas gemas, brutas ou lapidadas, transformando-as em delicados e versáteis adornos.

Sua arte transformou também as vidas de jovens do sertão cearense, onde implantou o projeto Mãos de Quixeramobim, ensinando a artesãos e lapidadores - por meio de cursos de criação e design, o aproveitamento de refugos minerais na produção de jóias.

Colar "Vôo". Exposição Biomas - arte plumária indígenaAtualmente, Maria Lúcia desenvolve uma nova linha de jóias feitas em maior escala de produção, mas sempre preservando os conceitos de criação, e acaba de abrir um pequeno escritório em São Paulo.

Suas coleções já foram exibidas em Nova Iorque, Lisboa, Dusseldorf, Madri, Heidelberg e Roma, além de várias cidades do Brasil. No último mês de agosto, ela participou da Mostra Biomas - Jóias da Cor do Brasil, realizada em São Paulo e também passou a integrar o grupo Brazilian Art Jewelry, junto com outros dez artistas joalheiros.

---------------------
"Aos vinte e cinco anos, dos Campos dos Goytacazes, da planície e do vento, fui conduzida às Montanhas das Gerais! Ouro Preto! Mais tarde, Belo Horizonte. Não tenho palavras para expressar todo o encantamento e emoção ao descobrir as Minas. Minas Gerais!

Fui da primeira turma da Escola Mineira de Joalheria. Marcos Augusto! Cláudio Brandão!

Atualmente vivo em São Paulo. Minas é viva nas minhas lembranças, faz também parte das minhas raízes. Minas é Mundo!

Toda a minha obra joalheira é fruto desta relação profunda com o meu percurso, com o meu movimento interno, com minha emoção, meu sentimento. São frutos deste vínculo forte com a Natureza, com as raízes do meu país, essa profusão de cores, de formas, de materiais.


Coleção Ágata

Através do curso de Gemologia no GEM Center, em Belo Horizonte, pude vivenciar o contato direto com os minerais naturais, com formação perfeita, sobre os quais não se aplica lapidação; são reservados para coleções particulares de gemas ou para exposição em museus.

É a natureza pronta, bela, forte, perfeita, extraída da terra e levada a símbolo precioso na ornamentação.

 

Coleção Primaveril -

--> broche e pingente
"As flores de meu jardim"


e broche "A Natureza por um fio"

Desde o início do meu trabalho utilizo minerais de coleção, gemas lapidadas ou talhadas em formas originais e vários outros materiais que possam me possibilitar um trabalho artístico e de raízes essencialmente brasileiras: sementes, madeiras raras, adornos indígenas que considero preciosos, borracha, fios de linho de seda, couro, fibras naturais, seixos de rio e metais como ouro, prata, cobre e aço.

Anéis "Caminhos" - coleção PrimaverilA maioria das peças pertencem a coleções criadas em torno de um tema, um conceito. Como: "A Natureza por um fio", "O Vazio no círculo", "Trilhos", "Caminhos","Pelas trilhas das Minas", "Construção", "O Caminho tortuoso das esmeraldas", entre outros.

Minha Arte-ofício é sempre encontrar a sintonia entre o precioso em minha cliente com o que a Natureza me oferece, daí que a monotonia se quebra e as jóias têm sempre algo de excepcional, exclusivo.

Toda jóia deve carregar consigo a beleza, a maestria técnica, o ato criativo, a originalidade, o raro. Deve carregar consigo o registro de um momento, de uma conquista, de uma celebração. Vai muito além dos modismos, da ostentação, do poder". (Maria Lúcia Barbosa)
rabs.ml@uol.com.br



Voltar ao index