PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

Multiplicador de talentos

Marcos Augusto


Não há como falar das jóias de Minas Gerais sem citar o nome de Marcos Augusto. Fundador da Escola Mineira de Joalheria, por onde passaram muitos dos grandes nomes da joalheria brasileira, ele tem dedicado sua vida ao ensino e resgate da tradição da jóia artesanal e artística

Marcos Augusto é Bacharel em Artes Plásticas, pela Escola Guignard de Belo Horizonte, com especialização em xilogravura. As jóias fazem parte de sua vida há mais de 30 anos, quando participou de um curso do SENAI, com um professor alemão, onde aprendeu técnicas de fundição e esmaltação.
No início, trabalhou como autônomo em seu atelier. Passou a ensinar joalheria para um grupo de amigos mas, com o tempo, a procura pelos cursos cresceu tanto que, em 1984, fundou a Escola Mineira. Desde então, a instituição tornou-se a mais conceituada de seu gênero no país, promoveu exposições, o primeiro concurso brasileiro de design de jóias e formou mais de 3 mil alunos.
A Escola Mineira de Joalheria funciona hoje junto ao atelier do artista, na cidade de Nova Lima, município vizinho a Belo Horizonte.



Autor de jóias, seu trabalho privilegia formas geométricas e orgânicas.
A natureza é sua grande fonte de inspiração


Em seu extenso currículo, constam inúmeras exposições coletivas e individuais, e premiações importantes, como o Designer Fórum de Beers (1993/95), Designer Fórum AngloGold 2002 e Prêmio IBGM de Design (1994). Marcos foi também finalista em três edições consecutivas do D.I.A. (Diamonds International Awards De Beers).

"Marcos Augusto tomou a si a prática da arte sob a forma de adorno-jóia, e definiu o seu estilo. É de se notar a criação pensada, consciente e disciplinada das peças, que resultam do bom desenho. Nas linhas modernas, muitas vezes deixa transparecer lembranças clássicas, numa combinação muito adequada e plenamente satisfatória ao objetivo"
Maristella Tristão, crítica de arte

Há dois meses, Marcos assumiu o cargo de Secretário de Cultura de Nova Lima, a convite do prefeito Carlinhos Rodrigues. Entre seus planos está a realização de um sonho: a montagem de um centro profissionalizante na cidade, que se torne referência internacional no ensino da joalheria.
Sonho nada impossível...

"A joalheria é um dos mais antigos e nobres ofícios; escolhi o fazer jóias como forma de contar minha história".
(
Marcos Augusto)
marcosaugusto13@uol.com.br



Voltar ao index