PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

Lúcia por Bia Saade

JÓIA-ARTE

Lúcia Abdenur

Lúcia Abdenur é designer e artista joalheira, formada em Moda e Estilismo pela Universidade Cândido Mendes e pós-graduada em Design de Jóias pela PUC-Rio. Suas peças são idealizadas a partir de situações, emoções, personagens ou, algumas vezes, do próprio material que convida sua imaginação a transformá-lo em arte.

Tudo começou no Atelier de Caio Mourão, em 1987, quando Lúcia Abdenur descobriu sua verdadeira vocação. Apaixonada pela liberdade que o metal proporcionava, encontrou aí a forma ideal de concretizar suas idéias. Depois vieram novos cursos na joalheria, com especializações aqui no Brasil e em Portugal.

Seguindo os conselhos do mestre Caio, Lúcia partiu em busca de uma nova forma de trabalhar, ver e sentir a jóia. Foi em Portugal, na Ar.Co. - Centro de Arte e Comunicação Visual, com Tereza Seabra, Alexandra Pimentel e Cristina Felipe, que encontrou uma linguagem mais livre para suas jóias e objetos.

Desde 1988, Lúcia tem participado de várias exposições coletivas no Brasil e no exterior. A mostra “Cariocas da Gema” foi realizada em três edições: no espaço Gilson Martins, Rio de Janeiro, na Galeria Zona D, em São Paulo, e em Lisboa, na Galeria Margarida Pimentel.

-->
Cubo / Cruz (ouro amarelo e diamantes)

A exposição “Objeto Refinado”, integrante do evento “Refina Rio”, na Estação da Leopoldina, Rio de Janeiro, foi um momento inovador para a joalheria carioca. Em parceria com Cidda Siqueira, Lúcia organizou uma exposição de jóias e objetos confeccionados com materiais não convencionais derivados do petróleo.

Entre suas idas e vindas à Portugal, Lúcia participou da exposição “Isto é uma jóia”, em 1999, na Fundação Ricardo Espírito Santo, que considera um marco em sua trajetória, ao desenvolver trabalhos com outros materiais. Num dos objetos, chamado de “Talheres Captadores de Energia – 4000DC”, ela misturou fibra ótica com prata. Na outra peça, “Guarda das Impressões”, Lúcia utilizou vidro, prata e pigmento azul.

Outro momento importante de sua carreira em terras lusitanas foi a exposição “Ponto de Encontro”, comemorando os 25 anos de Joalheria da Ar.Co., no Centro de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian, em 2004, onde foi a única brasileira a participar como artista convidada.

Sua relação com Portugal vem se estreitando a cada viagem. Lá, ela organiza e produz conferências e workshops, divulgando não só o seu trabalho como o de vários designers e artistas joalheiros brasileiros. O último evento foi no Âmbito Cultural do El Corte Inglés, com a exposição “Rio é Jóia”, que contou com o apoio da Embaixada do Brasil em Lisboa, IBGM, Embratur e AJORIO.

Seu próximo passo está marcado para o início de julho deste ano, quando irá participar do 10° Simpósio de Joalheria Contemporânea, Ars Ornata Europeana, “Em Toda Parte... Em Lugar Nenhum”. Em paralelo, uma série de exposições acontecerão em toda Lisboa, onde Lúcia vai realizar sua primeira individual de peça única, que estará exposta ao lado do altar-mor, na Igreja de São Roque.

Relicário - Caminho (prata e linha)

 

Mar de Luzes - Prata, acrílico,gemas sintéticas e raspas de lápis de corCom a peça Mar de Luzes, conquistou o segundo lugar na categoria “Brilliant “ do American Facet Award 2001” em Nova York. No ano seguinte, ficou entre as finalistas do “World Facet Award 2002”, Itália.

Como designer, elabora coleções para indústrias, partindo de temas e pesquisas de tendências. Como autora de jóias, utiliza em seu trabalho toda a sua experiência na ourivesaria e na conceituação das peças. Seu ateliê é um espaço encantado, quase alquímico, onde os mais diversos materiais ganham forma e se tornam belíssimas jóias e os mais inusitados objetos. Além disso, Lúcia dá aulas de joalheria no Curso de Moda e Figurino da Faculdade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro, e atua como consultora de joalheria brasileira.

Um dos mais belos trabalhos realizados por ela, como voluntária na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, APAE-RIO, é sua participação no projeto “Aula Jóia”. É lá que a artista dá vazão à sua sensibilidade, empregando o significado da jóia num trabalho terapêutico:

"É emocionante poder participar da alegria desses jovens/adultos quando se descobrem capazes de elaborar uma jóia, seja ela de papel, madeira, plástico ou barbante. A jóia, dessa forma, alcança sua mais completa dimensão: o precioso que atinge a alma"
(
Lúcia Abdenur)
energia.luz.cia@terra.com.br



Voltar ao index