PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

NOVOS ESTILOS
Adriana Costa

Foi na tradicional Escola Mineira de Joalheria que Adriana Costa teve o primeiro contato com o mundo das joias. Ficou tão encantada, que decidiu cursar Desenho Industrial. Indicada por um dos professores, começou a trabalhar como designer na joalheria Manoel Bernardes, quando ainda estava na faculdade. Logo em seguida, inscreveu-se no concurso promovido pela De Beers e, para sua surpresa, foi selecionada como uma das finalistas, entre os melhores do mundo. Era um um sinal de que realmente deveria seguir a carreira.





 

Para aprimorar seus conhecimentos, Adriana ingressou na Escola de Joalheria do Instituto de Arte e Design de Birmingham, na Inglaterra, onde cursou pós-graduação. "Este período também me possibilitou aperfeiçoar o inglês, vivenciar outra cultura e despertar para o mercado internacional", diz. No projeto final - com a ousada coleção Kaapor, inspirada na Arte Plumária brasileira, explorou técnicas têxteis em metal.

De volta ao Brasil, Adriana mudou-se de Belo Horizonte para São Paulo. Na Mirandouro, foi coordenadora da equipe de criação e pode explorar as possibilidades do processo de eletroformaçao que aprendeu na Inglaterra. Com o conjunto "Waves and Bubbles", patrocinado pela empresa, foi finalista em mais um importante concurso internacional, o Gold Virtuosi.

Adriana também conquistou o Prêmio IBGM de Design, em 2002, com brincos em ouro, pérolas do Tahiti e gemas brasileiras.

Brincos "Cascata da Paz", 1º lugar no Prêmio IBGM 2002, com patrocíno da Villar Joias


Os anos de trabalho com consultoria e desenvolvimento de coleções foram enriquecedores e estimulantes, aprimorando a percepção necessária à adequação de cada projeto ao público-alvo da empresa cliente e resultando em parcerias de sucesso, sendo as mais duradouras com Cida Santos e Villar Joias.


Peças das coleções Galáxia e Printemps, desenvolvidas para a Villar Joias

Durante alguns anos, com a sócia Viviane, produziu bijoux para sua marca Vix & Drix, experiência que ampliou sua visão de negócios e empreendedorismo. Na área internacional, representou joalheiros brasileiros em eventos em Londres e Moscou a convite do IBGM (leia-se Edmundo Calhau), participou de feiras com exportadores e ainda cuidava da seleção e compras de produtos nacionais para empresas estrangeiras.

Em 2007, concluiu uma nova pós-graduação, desta vez em Negociações Comerciais Internacionais, com um estudo sobre o Mercado do Luxo e internacionalização de empresas brasileiras. Adriana foi também, por dois anos, colaboradora do Portal Joiabr, onde assinou coluna sobre atualidades.

A coleção Taj Mahal, inspirada  nas características do famoso monumento e na história de amor que o envolve, marca o seu trabalho na Vivara. Hoje, Adriana Costa faz parte da equipe de criação da joalheria.   


Brincos, anel e pulseira da coleção Taj Mahal - Vivara


"Acredito que criatividade, dinamismo e foco em resultados sempre foram as características marcantes do meu trabalho. Confesso que, até hoje, me empolgo ao traduzir as ideias para o papel e me emociono com cada joia que fica pronta."

Adriana Costa
adriana@vixedrix.com.br

Voltar ao index