PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br


ADEQUAÇÃO DE PRODUTOS


Sergio Hortmann (*)





junho / 2007

Já falamos muito sobre exportação e nunca se esgota a necessidade de trabalharmos alguns pontos, para que a operação de conquista de novos mercados seja coroada de sucesso. Desta vez, vamos nos referir à necessidade de adequação dos produtos da empresa aos mercados-alvo escolhidos.

Vimos anteriormente que um dos aspectos trabalhados pelo Marketing são os atributos de produto, um dos importantes pontos para a conquista de clientes. Da mesma forma que podemos dizer que o design é responsável pela diferenciação do produto e pela obtenção do interesse por parte do comprador, tão importante é a necessidade de adequação das características técnicas dos produtos ao mercado em inserção.

Quando nos preparamos para uma abertura de mercado, devemos implementar um estudo dos fatores geográficos, políticos, econômicos e culturais deste novo mercado. Se tomarmos os dois últimos para estudo, veremos aí a necessidade de adequar os produtos às características econômicas e culturais do povo com o qual lidaremos.

Diferenças econômicas podem delinear o estilo de criação da empresa, pois mercados com alto poder aquisitivo tendem a comprar produtos com maior valor agregado, enquanto haverá o desafio de se produzir peças maravilhosas com pouco metal e gemas mais baratas em mercados com menor poder de compra.

Os fatores culturais do mercado-alvo definirão o "vanguardismo" da criação (existem mercados extremamente tradicionais), cores utilizadas, tipos de gemas, tamanhos de peças, etc. Para se ter uma idéia da diferença cultural, a cor branca significa pureza para o povo norte-americano, enquanto para os japoneses está ligada à morte. Verde á a cor do Islã, por isso a grande aceitação da esmeralda no Oriente Médio. Ainda nos Estados Unidos da América, os anéis não podem ser muito altos e as pulseiras e colares devem ter tamanhos mais avantajados, pois a população está acima de seu peso, exigindo produtos mais folgados, mesmo motivo para se produzir pares de brincos mais curtos, pois a distância da orelha ao pescoço diminuiu.

Há duas formas de se trabalhar a adequação de produtos aos mercados-alvos escolhidos. A primeira é criar artigos levando-se em conta uma pesquisa de mercado para definir os atributos de produto para este. A outra forma é adaptar os produtos já existentes na linha da empresa às características exigidas e/ou utilizadas por este novo mercado, como a diminuição do comprimento de brincos, troca de pedras, aumento ou redução do tamanho de anéis, colares, pulseiras ou a criação de mecanismos de ajustes de tamanhos nos dois últimos artigos.

Podemos concluir, então, que além de todos nós termos gostos diferentes uns dos outros, ainda há uma divagação de preferências ditadas pelos fatores econômicos e culturais. Quando criamos e produzimos artigos levando em consideração as diferentes classes de consumidores, devemos também ter em conta estes mesmos fatores, ou correremos o risco de termos excelentes produtos encalhados.

 



(*) Sergio R. Hortmann
- Consultor em Comércio Exterior, Marketing Empresarial e Planejamento Estratégico, Sócio-proprietário da AH Internacional Ltda. Exportação, Importação e Consultoria, ministra também cursos e palestras para empresas do setor.
 

Artigo anterior / Próximo artigo

Índice